Totalmente online

Inscrições também online

Material digitalizado

Material organizado no GSUITE

Curso de 90 horas

Gere o certificado online

Informativo

Últimas Postagens

Inscrições online

  • ● Leia o edital de cursistas;
  • ● Observe as orientações;
  • ● Somente serão aceitas inscrições com uma conta de e-mail do Gmail;
  • ● Faça a inscrição pelo formulário a seguir:


Dúvidas frequentes

O curso será oferecido em abrangência do estado da Bahia nas cidades circunvizinhas do IFBA Campus Brumado, podendo ser ampliadas para mais cidades na vacância das vagas. Se faz necessário salientar que o curso é prioritariamente, para Gestores, Professores, Coordenadores de Educação Especial vinculados às Secretarias Municipais e Estaduais da Bahia, bem como dos Institutos Federais de Educação localizados na região, podendo ser ampliado o alcance para outros professores conforme a demanda.
Sim. O curso é totalmente gratuito. Parceria da Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação (SEMESP), do Ministério da Educação (MEC).
O Curso terá a carga horária de 90h (noventa) horas na modalidade EAD, sendo dividido em 3 (Três) módulos,
A certificação será feita de forma digital após os cursistas realizarem as Atividades e avaliações propostas bem como a sua inteira participação e o aproveitamento mínimo de 75%(Setenta e cinco por cento) durante o curso, incluindo questionários, ficando os certificados disponíveis para download em plataforma digital a ser informada ao cursista.
O Conteúdo a ser trabalho está organizado em três módulos a saber:

Módulo Geral - constituído de conceitos gerais relacionados ao AEE e a Educação Especial;

Módulo Especializado I - organizado por modalidades de deficiência/impedimento tratando da Deficiência Visual, Deficiência Intelectual, Deficiência Auditiva, Deficiência física, Transtorno do Espectro do Autismo, Altas Habilidades/Superdotação e Múltiplas deficiências e;

Módulo Especializado II - onde teremos a apresentação de metodologias ativas de aprendizagem para o Ensino Remoto, tal como o ensino híbrido em plataformas populares; sala invertida e uso de conteúdos offline para atendimento aos alunos com necessidades educacionais especiais e, a cultura Maker com ênfase na valorização da cultura dos alunos e as características regionais, utilizando a temática da saúde e dos cuidados em saúde como eixo transversal.